Estado da arte dos projetos gerenciados na gestão Davies Freitas – 2008-2012.

 

 Após 4 anos, sob gestão da secretária executiva Lourdinha Davies Freitas, a REBRAF finalizou a execução de todos os contratos recentes e apresenta o estado da arte e relatórios técnicos de cada projeto finalizado.

Leia mais informações clicando no título-link acima.

Por: REBRAF

Manual CEECEC

O manual citado é um projeto financiado pelo Programa de Ciência para Sociedade da Comissão Européia, no período abril/2008 – setembro/2010, sobre os auspícios do sétimo programa estrutural (FP7). Seus objetivos são: prover capacidades a organizações da sociedade civil para nela participar e conduzir pesquisa de economia ecológica em temas de sustentabilidade visando benefícios a suas metas organizacionais, enquanto ao mesmo tempo enriquecendo a pesquisa econômica ecológica com o melhor do conhecimento disponível.

Por: REBRAF

Informações sobre a distribuição do Manual Agroflorestal para a Mata Atlântica

A REBRAF fez a distribuição gratuitamente de 100 exemplares do Manual Agroflorestal da Mata Atlântica entre organizações governamentais e não-governamentais parceiras da instituição e atuantes na área de desenvolvimento agroflorestal.

Mas o conteúdo está publicado com acesso livre através do Portal do MDA no seguinte link: Manual Agroflorestal da Mata Atlântica

 

Por: REBRAF

PRONAF e Restauração Florestal na Mata Atlântica

Com o objetivo de discutir as implicações da Política Nacional de Crédito Rural para a restauração florestal, durante o "Workshop Restauração Florestal no Bioma Mata Atlântica", organizado pelas entidades Floresta Viva e SOS Mata Atlântica, em Porto Seguro-BA, nos dias 03 a 05 de maio de 2006, constituiu-se um Grupo de Trabalho sobre Crédito e Mercados como meios para fortalecer a restauração de recursos florestais da Mata Atlântica. As propostas foram encaminhadas ao Secretário Valter Bianchini (MDA/SAF), responsável pela administração do PRONAF. Para saber mais sobre este trabalho, clique no título acima.

Por: Rebraf

Licenciamento de reflorestamento para uso posterior; a autorização para supressão de espécies exóticas é legalmente desnecessária

Neste artigo, a advogada Samanta Pineda observa e analisa a Instrução Normativa nº 08 de 2004, do Ministério do Meio Ambiente, que envolve a eventual necessidade de licenciamento para o plantio de florestamentos e reflorestamentos. A advogada de Direito Ambiental aponta também detalhes da Resolução CONAMA nº 237/1997, sobre as atividades passíveis de licenciamento para o reflorestamento, assim como mostra o fundamento jurídico pela qual argumenta ser desnecessário a autorização para supressão de espécies exóticas.

Por: Rebraf
Busca
 
Veja Mais



Consórcio de Formação Agroflorestal em Rede na Mata Atlântica


......................
......................
......................
......................
......................
......................
......................
......................
......................
......................
......................